Início » BLOG #AO5 » A importância da utilização do marketing digital em tempos de crise e quais principais canais estratégicos

A importância da utilização do marketing digital em tempos de crise e quais principais canais estratégicos

Autor: Agência Orange Five | Publicado em: 24 de jun 2020

Que o marketing vai além da publicidade e propaganda, é de conhecimento para a maioria dos empreendedores. Esta é uma área que atua com pesquisas, definições e atualizações de modelos de negócios. Além disso, visa desenvolver produtos e serviços, criar e fortalecer marcas, gerar engajamento e relacionamento, educar consumidores e inovar empreendimentos. Ou seja: tem o papel de conduzir uma empresa ao longo de toda sua trajetória no mercado. A partir disso, sobretudo no contexto atual, é sólida a importância do investimento em marketing digital em tempos de crise.

A importância do marketing em tempos de crise

Além de preços e anúncios, propor um negócio requer cuidado e comprometimento. Afinal, as marcas fazem mais do que vender produtos ou serviços. Assim como as pessoas buscam, os gestores de negócios devem oferecer conhecimento, envolvimento, experiências, valores e atitudes relevantes. Pensando nisso, é preciso pensar em uma maneira dinâmica de planejar também este departamento dentro de uma empresa. Entenda, portanto, os principais papéis deste conjunto de ações que definem marketing:

  • Marketing como instrumento de compreensão

O marketing visa conhecer o quadro econômico, questões legais, parceiros, concorrentes e, principalmente, consumidores de determinada empresa, que se pretende alcançar. Assim, dentro de um contexto de crise, permeado por ansiedade e outros entraves, é importante a compreensão deste cenário. Desta forma, trata-se de um mecanismo para reunir de forma rápida informações relevantes para elaborar respostas necessárias para superar crises.

  • Marketing como estratégia de continuidade

O marketing também é uma solução para manter a continuidade da empresa em meio aos mais diversos contratempos. E mesmo que cada empresa possua uma realidade bastante particular, ações de desistência ou recuo precisam ser pensadas. Já que, boatos prejudicam tanto quanto uma dificultam uma retomada. Deste modo, em tempos desafiadores, estreitar relacionamento com o público e elevar a confiança desses consumidores podem ser ótimas estratégias.

  • Marketing como ferramenta de inovação

A inovação é também considerada uma estratégia de continuidade, já que transformações econômicas, culturais e tecnológicas contínuas estimulam esta conjuntura. Desde o crescimento do e-commerce, serviços digitais e mudanças na comunicação das empresas se observa a internet ainda mais presente. Portanto, aqui o marketing se apresenta também como uma oportunidade de reinvenção e permanência no mercado.

Reconheça as dificuldades que podem necessitar de estratégias de marketing em tempos de crise

Com o intuito de compreender os diferentes cenários que desencadeiam crises, é preciso conhecê-los para contorná-los de maneira eficaz. Por isso, de caráter interno ou externo, diferentes são os fatores que as impulsionam. Elas ainda podem ser classificadas pela sua dimensão e/ou duração. Assim, com vista no emprego de estratégias para obtenção de soluções, acompanhe os principais tipos de crise na gestão de empresas:

  • Crises operacionais;
  • Crises financeiras;
  • Crises tecnológicas;
  • Crises humanitárias;
  • Crises legais;
  • Crises de capital humano; e
  • Crises de reputação.

Quais os principais canais estratégicos do marketing digital em tempos de crise?

Mesmo com cenários distintos por conta das diversas possibilidades de crises, há pontos norteadores para tomada de atitudes. Por isso, com base em estudos, as ações precisam ser elencadas a partir de quatro pilares:

  • Simplificação do portfólio de produtos ou serviços. Esta é uma maneira de reduzir custos, como produção, operação, venda e divulgação não essenciais. Logo, pausa a comercialização de produtos que ainda não se consolidaram no mercado ou utilizados como instrumento de pesquisa;
  • Aumento a acessibilidade. Dar acesso aos produtos e serviços por meio de preço diferenciados e promoções planejadas;
  • Reforço a confiança. Com foco principal em crises internas operacionais, legais ou de reputação, se faz necessário também em crises externas em geral. Já que uma vez que consumidores inseguros ou receosos tendem a dar preferência à marcas familiares ou confiáveis;
  • Posicionamento para a recuperação. Aqui se busca alinhar as ações com o perfil do consumidor após este período. Enfim, as pessoas estão, de fato, exigindo cada vez mais que os negócios atuem em prol da sociedade. À vista disso, levam em conta comportamento, prioridades e escolhas das marcas para elencar as de sua preferência.

Por fim, na aplicação no atual cenário digital, recomenda-se que os mesmo pilares orientem as seguintes recomendações:

  • Monitoramento do comportamento do seu público;
  • Flexibilização das operações e comunicação;
  • Presença ativa e contínua entre clientes, fornecedores e demais parceiros;
  • Presença firme e consolidada nos diferentes canais digitais.