Início » BLOG #AO5 » Busca orgânica e paga: veja a diferença entre os tráfegos e por que equilibrar investimentos

Busca orgânica e paga: veja a diferença entre os tráfegos e por que equilibrar investimentos

Autor: AO5 | Publicado em: 01 de Maio 2019

Quem tem um site, blog ou e-commerce, deseja ter uma boa audiência de pessoas online em uma ou mais páginas. E existem duas maneiras para atrair usuários e divulgar sua marca, produtos e serviços: via tráfego orgânico e pago. Você sabe quais são as diferenças? No post de hoje, aqui no blog da AO5, você acompanha tudo!

 

Tráfego orgânico e pago: conheça as diferenças

A primeira e mais clara diferença entre tráfego orgânico e pago é em relação ao dinheiro envolvido. Tráfego orgânico ocorre quando as pessoas acessam seu site, blog ou e-commerce, através busca tradicional do Google. Funciona assim: a pessoa realiza uma busca, faz uma pesquisa, e clica em um dos resultados que aparecem. Porém, atenção: o tráfego orgânico só é configurado quando o clique não ocorre em links indicados com “Anúncios”.

Estes, como o próprio nome sugere, são os famosos anúncios do Google, os links patrocinados que as empresas utilizam para divulgar sites corporativos ou comerciais. Logo, quando as pessoas clicam nos anúncios e acessam as páginas, isto configura o tráfego pago.

 

Investimentos equilibrados: começando por tráfego orgânico

O ideal é equilibrar estratégias para gerar tráfegos orgânico e pago. No primeiro caso, invista em conteúdo! O site da sua empresa, blog ou e-commerce, deve apresentar conteúdos (textos, fotos, vídeos) interessantes às pessoas que realizam pesquisas. O Google, por sua vez, valoriza e ranqueia nas primeiras posições as páginas que oferecem isso. Desta maneira, a reputação da sua página cresce, mais pessoas ficam sabendo sobre a empresa e seu negócio pode decolar.

Para tal, é fundamental com uma equipe capaz de gerar e gerenciar conteúdos relevantes ao seu público. São materiais que precisam ser divulgados com frequência, compartilhados nas redes sociais, devem ser originais (não podem ser copiados de outros sites) e seguir as orientações conforme funis de conversão, técnicas de SEO e muito mais. Parece complicado? A melhor alternativa para gerar tráfego orgânico é trabalhar em parceria com uma agência de marketing digital. Agências com este foco, como a AO5, contam com equipes dedicadas para tal.

 

Tráfego pago: como fazer?

Para atrair pessoas, uma ótima estratégia é investir em links patrocinados. Os famosos anúncios do Google são ótimos para gerar tráfego pago e, o melhor de tudo, de uma maneira bem segmentada. Você pode criar e divulgar anúncios para pessoas de regiões muito específicas, como somente da sua cidade ou região, de acordo com sexo e idade, interesses, no horário que você preferir, no melhor formato e muito mais.

O tráfego pago aumenta consideravelmente as visitas em uma página na internet e, com isso, aumenta as chances de vender um produto ou serviço, por exemplo. Para tal, não se esqueça de configurar corretamente sua conta no Google Ads e, principalmente, criar e gerenciar anúncios certeiros. O investimento para tal, em termos de dinheiro, pode variar muito de acordo com o segmento da sua empresa, leilão de palavras-chave (que compõem os anúncios), concorrência e outros parâmetros técnicos.

 

A AO5 está ao seu lado!

O objetivo do seu negócio online é gerar tráfego orgânico ou pago? Caso não saiba responder de imediato, não se preocupe. A AO5 está ao seu lado para pensar, executar e gerenciar as melhores estratégias para que o seu negócio seja um sucesso na internet! Para tal, a equipe é formada por profissionais com know-how em marketing digital e que estão em constante atualização, conforme as atuais exigências do mundo online.  Você não precisa se preocupar com detalhes técnicos, a gente resolve!

Entre em contato hoje mesmo pelo telefone (11)5067-7777 ou mande um e-mail clicando aqui.

 

Imagem: z_wei | iStock / Getty Images Plus