Início » BLOG #AO5 » Turnaround empresarial: entenda como o processo pode auxiliar o momento de recuperação das empresas

Turnaround empresarial: entenda como o processo pode auxiliar o momento de recuperação das empresas

Autor: Agência Orange Five | Publicado em: 11 de set 2020

O mercado nunca foi de fácil permanência para os negócios, tampouco de simples entendimento. As constantes mudanças das pessoas que impulsionam tendências em todas as áreas da sociedade sempre foram exigentes. E acompanhar as crescentes demandas requer expertises para se fazer presente e se destacar diante de tanta oferta. Dentro deste contexto estão as empresas turnaround.

Crédito: Divulgação.

Naturalmente este é o cenário, que por vezes intimida por outras motiva a criação de novos negócios. Mas o que dizer quando esta conjuntura complexa se dá diante de uma pandemia? É provável que novos projetos tenham sido engavetados. Também é possível que empresas recém abertas tenham sucumbido e até mesmo algumas mais experientes não tenham resistido à crise. Ademais, outras estão, com dificuldade ou não, se mantendo firmes, com muito trabalho e esforço. E, aliás, onde está ou estaria a sua marca dentro destas opções?

O nível desta dedicação, inclusive, pode ter a ver com o que era feito pela empresa antes desta situação mais delicada a nível mundial. A AO5 acredita que esse processo pode auxiliar o momento de recuperação das empresas e por isso quer dividir isso com você. Inclusive, preparamos algumas dicas e estratégias sobre como o marketing pode ajudar nesse sentido. Leia clicando aqui.

Entenda o que é turnaround empresarial

Turnaround é uma expressão em inglês e popular universo dos negócios como sinônimo de recuperação de empresas. Com isso, se entende o restabelecimento de valor da empresa, de ressurreição da performance. Um processo que envolve uma mudança de rumo brutal para recolocar o negócio no caminho do crescimento. 

Assim, consiste em uma implementação de uma reestruturação profunda e sem limites na empresa. Este processo altera, inclusive, a missão, valores, produtos e serviços oferecidos pela marca, lógico, se necessário.

Também pode ser visto como um método que objetiva elevar uma empresa a um patamar de crescimento sustentável. E que, para isso, precisa de um alto engajamento no sentido de movimentar esforços para essa sua reinvenção.

A medida tem sido uma alternativa que iniciativas têm tomado diante desses cenários de baixas comerciais e econômicas. Sua importância e diferença nesses casos é o que justifica esta escolha, caracterizando as empresas turnaround. 

Por que turnaround empresarial é uma alternativa?

Por se tratar de uma metodologia que consiste na reestruturação empresarial, sua proposta de avaliação é de extrema importância. O turnaround empresarial, visa, afinal, a partir desta avaliação verificar o que funciona e quais são os pontos de melhoria na empresa. E com uma avaliação profunda do negócio são verificadas lacunas do negócio, falhas e demais pontos que deixam brechas. Afinal, é preciso dar a esta marca a vivacidade e imponência que ela necessita. 

É importante destacar que esse processo não busca a otimização pontual. Pelo, contrário. Visa trazer transformações profundas nos processos da empresa, traçando a melhor estratégia para que o negócio consiga atingir todo o seu potencial.

Desta forma, o método coloca que o que o empresário deve fazer para sair da crise é passar a gerir estrategicamente o seu negócio. Nesse sentido, perpassa desde o próprio reconhecimento daquilo que afetou a empresa até a elaboração e execução de estratégias para sair Por isso, é fundamental abrir mão do perfil de gestor tradicional, que apenas investe e administra os resultados. Pois o que se cobra então é que se assume o perfil de um recuperador. Aquele que encara a realidade de frente e que vai precisar, mais do que nunca, tomar determinadas medidas. 

Como, afinal, empresas turnaround operam? 

  1. a) reduzindo despesas e buscando negociação com devedores e credores, se possível com auxílio jurídico;
  2. b) entendendo pontos fracos e fortes do negócio;
  3. c) identificando e cessando com investimentos mal sucedidos;
  4. d) criando mecanismos de monitoramento e controle de caixa;
  5. e) traçando plano de reestruturação com novas metas, novas políticas que possam agregar valor e garantir a elevação de receitas;
  6. f) inovando dentro do setor e, se for difícil, iniciando esta inovação dentro da equipe com pequenas medidas que otimizem e motivem o trabalho;
  7. g) empregando profissionais qualificados, não tendo medo de investir em material humano, e cercando-se de boas parcerias; e
  8. h) mantendo avaliação e mensuração constante dos resultados obtidos com as medidas implementadas.

 

Por fim, temos uma certeza: mesmo que as dificuldades nada tenham de agradáveis, elas sempre fazem marcas mais fortes. Nós, da AO5 vimos isso e conseguimos criar boas estratégias para mudar este cenário a nosso favor. Não hesite. Trabalhe com quem te apresenta bons resultados e lembre-se que temos ótimas estratégias nesse sentido para o seu negócio.